terça-feira, 7 de novembro de 2017

31 de outubro: Comemoração do dia D

No dia 31 de outubro comemorou-se o dia D - dia do nascimento de Carlos Drummond de Andrade (1902–1987), um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX. Para assinalar esta data, os alunos de Literaturas de Língua Portuguesa, do Professor Carlos Afonso, dinamizaram, na biblioteca, um momento lúdico de partilha de trabalhos realizados no âmbito da disciplina: leitura de excertos de textos e poemas do autor; entrevistas; peças de teatro, entre outras. Para assistir à atividade, que decorreu durante a manhã, marcaram presença alunos de várias turmas, acompanhados dos respetivos professores.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, Pat R

Hoje, 30 de novembro, contámos com a presença de Pat R, nome artístico de Patrícia Ribeiro, na biblioteca da nossa escola. A autora veio dar-nos a conhecer o seu mais recente projeto: Os homens nunca saberão nada disto. Influenciada pela cultura norte-americana (literatura, música, cinema), a sua história trata da “[…]história de uma família contada através do tempo e da música, pela voz dos dezoito filhos que poderiam ter resultado [de um encontro entre Ian e Jeannette], em que cada capítulo [é] situado numa época, numa vida, numa história“ e assenta em três símbolos: Música, Tempo e Mount Shasta.  


 Nas duas sessões dinamizadas, essencialmente para os alunos de Artes Visuais, às 8:30h para o 10.º L e 12.º I e às 10:15h para o 11.º M e 11.º E, acompanhados dos respetivos professores, Pat R, salientou a importância da imaginação na leitura e, à medida que nos foi descrevendo o seu processo criativo, foi fazendo a ligação entre a escrita e a ilustração, realçando a sinergia entre a literatura e as diferentes artes. De todas as elas, a música, a par da arte ilustrativa, é sem dúvida a sua companheira de eleição.

As duas sessões ocorreram num clima descontraído e intimista, onde a tentação de conhecer os livros foi crescendo com o passar do tempo.Para além da visualização de várias ilustrações, da leitura de um pequeno trecho, foi dada a oportunidade aos alunos de folhear os livros...

sábado, 15 de julho de 2017

Sugestão para ouvir e meditar nas férias

Aos leitores deste blogue deixo aqui o Cântico Negro de José Régio (interpretado por João Villaret) para que  o espírito crítico desperte e meditem sobre que caminho a seguir. 

A escola de hoje deve ser uma escola de perguntas e não de respostas.
Para haver pensamento crítico é preciso conhecer muitas palavras. Para isso é necessário ler.
Devemos agir sempre por forma a aumentar as nossas possibilidades de escolha. Só assim conseguimos aumentar a nossa autonomia.


Em nome da equipa da Biblioteca Escolar desejo-vos umas excelentes férias repletas de boas leituras.

                         

                                                          O Coordenador da Biblioteca
                                                                            Élio Geadas